Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Hemangiomas hepáticos

Por

Danielle Tholey

, MD, Thomas Jefferson University Hospital

Última revisão/alteração completa abr 2020| Última modificação do conteúdo abr 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

Um hemangioma é um tumor hepático benigno constituído por uma aglomeração de vasos sanguíneos anômalos.

Nos Estados Unidos, estima-se que entre 1 e 5% dos adultos tenham hemangiomas pequenos que não provocam sintomas. Esses tumores são normalmente detectados somente quando a ultrassonografia, tomografia computadorizada (TC) ou ressonância magnética (RM) é realizada por motivos não relacionados (consulte Exames de diagnóstico por imagem do fígado e da vesícula biliar). Esses tumores não requerem tratamento.

Os hemangiomas que provocam sintomas são muito raros. Os sintomas podem ocorrer se os hemangiomas forem maiores do que 4 cm. Esses tumores podem provocar desconforto e distensão abdominal e, menos frequentemente, perda de apetite, náuseas, sensação de saciedade depois de comer uma pequena refeição ou dor.

Em bebês, os hemangiomas geralmente desaparecem sozinhos. Entretanto, às vezes, hemangiomas são grandes e provocam problemas como coagulação do sangue generalizada e insuficiência cardíaca. Esses tumores necessitam de tratamento, que pode incluir medicamentos (como corticosteroides), um procedimento para bloquear o suprimento de sangue para o hemangioma (denominado embolização seletiva da artéria hepática), às vezes cirurgia para remover o tumor e, raramente, transplante de fígado.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS