Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Granulomas hepáticos

Por

Steven K. Herrine

, MD, Sidney Kimmel Medical College at Thomas Jefferson University

Última revisão/alteração completa set 2018| Última modificação do conteúdo set 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Os granulomas hepáticos são pequenos agrupamentos de células anormais que se formam quando determinados distúrbios estão presentes ou certos medicamentos são tomados.

Os problemas são causados pelos distúrbios que originam os granulomas e não pelos granulomas propriamente ditos.

Os granulomas podem ter muitas causas. As mais comuns são

Os granulomas ocorrem menos frequentemente nos distúrbios hepáticos, mas podem estar presentes na cirrose biliar primária.

Os granulomas podem se formar quando as células do sistema imunológico se unem para responder a agressões ou para defender o organismo contra substâncias estranhas no fígado. Geralmente, a função hepática não é afetada, embora exames de sangue relacionados ao fígado possam estar anormais. Granulomas podem se formar como parte de uma inflamação disseminada, que poderia ser uma reação a um medicamento ou uma infecção. Se a inflamação for disseminada, o fígado pode funcionar de modo inapropriado. Raramente, a inflamação resulta em tecido cicatricial e pressão arterial elevada nas veias que levam o sangue do intestino para o fígado (denominada hipertensão portal).

Sintomas

Os granulomas propriamente ditos não causam sintomas. O fígado pode aumentar levemente, e uma icterícia leve (uma descoloração amarela da pele e da parte branca dos olhos) pode ocorrer. Outros sintomas, se houver, são provocados pelo distúrbio que provoca os granulomas. Os granulomas provocados por sarcoidose desaparecem espontaneamente ou persistem por anos, sem causar sintomas evidentes.

A hepatite granulomatosa idiopática é um distúrbio raro de causa desconhecida. Ela provoca granulomas, febre, dores musculares e fadiga. Esses sintomas frequentemente ocorrem de maneira intermitente durante anos.

Diagnóstico

  • Exames de imagem do fígado

  • Às vezes, biópsia de fígado

Os médicos questionam sobre o uso de medicamentos e outros distúrbios que poderiam causar granulomas. Os médicos também solicitam exames de sangue para avaliar a função do fígado e exames de imagem, como ultrassonografia, tomografia computadorizada (TC) ou ressonância magnética (RM). Entretanto, os resultados podem ser inconclusivos. Pode ser necessário recorrer a uma biópsia do fígado (extração de uma pequena amostra de tecido para ser examinado ao microscópio) para confirmar o diagnóstico.

Outros exames, como culturas, podem ser necessários para identificar a causa.

Tratamento

  • Tratamento do distúrbio subjacente

  • Para sarcoidose, algumas vezes corticosteroides

O distúrbio subjacente é tratado. Parar um medicamento que pode provocar granulomas ou tratar uma infecção normalmente faz com que os granulomas desapareçam.

Às vezes, os corticosteroides são usados para tratar a sarcoidose, mas não se sabe se eles evitam a evolução do distúrbio.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Visão geral do fígado e da vesícula biliar
Vídeo
Visão geral do fígado e da vesícula biliar
Modelos 3D
Visualizar tudo
Dentro do fígado
Modelo 3D
Dentro do fígado

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS