Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Membrana epirretiniana

(Macular Pucker; Cellophane Maculopathy; Premacular Fibrosis)

Por

Sonia Mehta

, MD, Vitreoretinal Diseases and Surgery Service, Wills Eye Hospital, Sidney Kimmel Medical College at Thomas Jefferson University

Última revisão/alteração completa jun 2020| Última modificação do conteúdo jun 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

A membrana epirretiniana é a formação de uma membrana fina sobre a retina, que afeta a visão.

A membrana epirretiniana é uma fina membrana ou camada de tecido cicatricial que se forma sobre a retina (a estrutura transparente e sensível à luz localizada na parte posterior do olho) e que se contrai, enrugando a retina localizada abaixo. A membrana epirretiniana normalmente surge após os 50 anos de idade, sendo mais comum entre pessoas com mais de 75 anos.

Diversas doenças que podem causar ou contribuir para a retração (enrugamento) da retina são:

No entanto, na maior parte das vezes, nenhuma causa evidente de membrana epirretiniana pode ser identificada.

Sintomas

Os sintomas de membrana epirretiniana podem incluir visão turva ou distorcida (as linhas retas podem parecer onduladas). Muitas pessoas dizem que parecem estar olhando através de um pedaço de plástico ou celofane.

Diagnóstico

  • Um exame médico dos olhos

  • Possivelmente fotografias em cores, angiografia com fluoresceína e tomografia de coerência óptica

O médico confirma o diagnóstico de membrana epirretiniana observando a parte posterior do olho com um oftalmoscópio. Também podem ser usados no exame fotografia em cores, angiografia com fluoresceína e tomografia de coerência óptica (estudo de imagem).

Tratamento

  • Algumas vezes, vitrectomia com descolamento da membrana

A maioria das pessoas não necessita de qualquer tratamento. Se a visão embaçada ou distorcida for um incômodo, o vítreo e a membrana podem ser extraídos cirurgicamente por meio de um procedimento denominado vitrectomia com descolamento da membrana. Esse procedimento pode ser realizado sob anestesia local em um centro cirúrgico e no geral dura cerca de 30 minutos.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS