Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Infecção do canal auricular (ouvido de nadador)

(Otite externa aguda)

Por

Bradley W. Kesser

, MD, University of Virginia School of Medicine

Última revisão/alteração completa out 2019| Última modificação do conteúdo out 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Bactérias e, às vezes, fungos podem causar infecção aguda da pele do canal auricular.

  • Infecção do canal auricular é causada por bactérias ou, menos comumente, fungos.

  • Os sintomas típicos são dor e secreção.

  • O médico examina o ouvido com um otoscópio verificando se existe vermelhidão, edema e pus.

  • Remoção de resíduos, gotas otológicas com antibióticos, manter água e cotonetes fora do ouvido e usar analgésicos são as formas mais comuns de tratamento.

A infecção pode afetar todo o canal auricular, como no caso da otite externa generalizada ou aguda, ou apenas uma pequena área, quando o pus se acumula em um furúnculo ou espinha. A otite externa malignaé uma infecção rara, muito grave do ouvido externo, que envolve o osso temporal do crânio causando infecção óssea (osteomielite).

Causas

Uma variedade de bactérias, como Pseudomonas aeruginosa ou Staphylococcus aureus, pode infectar o canal auricular. A infecção fúngica do canal auricular (otomicose), normalmente causada por Aspergillus niger ou Candida albicans, é menos comum. Furúnculos são normalmente causados por Staphylococcus aureus.

Determinadas pessoas, inclusive aquelas que apresentam alergias, psoríase, eczema ou dermatite seborreica, são particularmente propensas a desenvolver otite externa.

Fatores de risco comuns para a infecção do canal auricular incluem:

  • Lesões provocadas no canal auricular durante sua limpeza

  • A entrada de água no ouvido, particularmente ao nadar (chamado ouvido de nadador)

  • Tampões auriculares e aparelhos auditivos (sobretudo se esses dispositivos não forem adequadamente higienizados).

  • Entrada de substâncias irritantes, como spray para cabelo ou tinturas de cabelo, no ouvido

O uso de cotonetes para limpar o ouvido é um fator de risco muito comum para infecção do canal auricular. As hastes com pontas de algodão não devem ser inseridas no canal auricular.

Sintomas

Os sintomas de otite externa aguda incluem dor, vermelhidão e secreção. A secreção é de odor desagradável e branca ou amarela e drena do ouvido. O canal auricular pode não estar inflamado, apresentar um leve inchaço ou, em casos graves, uma inflamação que o obstrua por completo. Quando o canal auricular inflama ou se apresenta cheio de pus e resíduos, a audição fica prejudicada. Geralmente, o canal fica sensível e dói quando se puxa o ouvido externo (pavilhão auricular ou aurícula), ou quando se exerce pressão sobre a prega de pele e cartilagem localizada em frente do canal auricular (tragus).

A infecção fúngica do canal auricular causa mais coceira do que dor e as pessoas têm a sensação de entupimento do ouvido. A infecção fúngica causada pelo Aspergillus niger geralmente leva à formação de pontos preto-acinzentados ou amarelos (chamados conidióforos fúngicos) cercados por material com aspecto algodonoso (chamados esporos fúngicos) no canal auricular. A infecção fúngica causada pela Candida albicans não leva à formação de nenhum fungo visível, mas geralmente causa secreções brancas, espessas e cremosas.

Os furúnculos causam dor intensa. Quando se rompem, é possível que saia do ouvido uma pequena quantidade de sangue e pus.

Diagnóstico

  • Um exame médico do canal auricular

  • Algumas vezes cultura de uma amostra do canal auricular

Os médicos baseiam o diagnóstico de infecção do canal auricular nos sintomas e no exame do canal auricular. Para o médico olhando o canal auricular através de um otoscópio (um instrumento usado para visualizar o canal auricular e o tímpano), a pele do canal mostra-se vermelha e inflamada e pode estar coberta de pus e resíduos. Uma infecção causada por fungos também é diagnosticada através de exame ou cultura (de uma amostra do pus e detritos, num laboratório para identificar os micro-organismos). Algumas vezes, são visíveis esporos de fungos no canal auricular.

Prevenção

O ouvido de nadador pode ser evitado com a instilação de gotas de uma solução feita de álcool e vinagre branco (ácido acético) em partes iguais no ouvido, antes e depois de nadar (se não houver nenhuma perfuração [buraco] do tímpano).

A tentativa de limpar o canal com hastes com pontas de algodão ou outros objetos é fortemente desencorajada, uma vez que tal ação interrompe o mecanismo normal e de autolimpeza do ouvido e pode empurrar resíduos e cera do ouvido para dentro. Além disso, essa ação pode provocar pequenas lesões na pele delicada do canal, fornecendo um local para a infecção por bactérias.

Tratamento

  • Precauções removendo-se resíduos infectados do canal auricular e mantendo-se o ouvido seco

  • Gotas otológicas contendo vinagre e corticosteroides

  • Algumas vezes, gotas otológicas contendo antibióticos

  • Raramente, antibióticos tomados por via oral

Para tratar uma infecção do canal auricular por qualquer causa, primeiro o médico remove os resíduos infectados do canal auricular através de sucção ou usando lenços de algodão secos. Depois que o canal auricular ficar limpo, a audição normalmente voltará à normalidade.

Geralmente, uma pessoa com infecção leve do canal auricular é tratada com gotas otológicas contendo vinagre e gotas contendo um corticosteroide, como a hidrocortisona ou dexametasona, várias vezes ao dia por até uma semana. O vinagre é útil porque as bactérias não se desenvolvem tão bem quando a acidez normal do canal auricular é restabelecida.

Diante de infecções moderadas ou graves, também são prescritas gotas otológicas de antibióticos. Quando o canal auricular se encontra muito inflamado, o médico introduz nele uma pequena mecha para permitir que as gotas otológicas de antibiótico/corticosteroide penetrem. A mecha é deixada no lugar por 24 a 72 horas, pois depois desse tempo a inflamação pode ter desaparecido o suficiente para permitir que as gotas caiam diretamente no canal auricular.

Pessoas com otite externa aguda grave (estendendo-se além do canal auricular) podem precisar tomar antibióticos por via oral, como cefalexina ou ciprofloxacino.

Os analgésicos, como o paracetamol ou o ibuprofeno, podem ajudar a reduzir a dor durante as primeiras 24 ou 48 horas, até a inflamação começar a abrandar.

Para tratar a infecção fúngica do canal auricular, os médicos limpam minuciosamente o canal auricular e instilam gotas otológicas antifúngicas. Pode ser necessário fazer várias limpezas e tratamentos. Alguns médicos acreditam que uma combinação de álcool e vinagre branco é particularmente eficiente na otite externa fúngica. O álcool seca o canal auricular e o vinagre branco cria um ambiente ácido que não permite o crescimento de fungos.

Tanto nas infecções bacterianas quanto fúngicas, as pessoas devem manter o ouvido seco por meio de precauções específicas (como utilizar uma touca de banho e evitar nadar) até que a infecção desapareça. Um secador de cabelo também pode ser utilizado em baixa potência para reduzir a umidade no canal.

O tratamento de furúnculos depende do grau da infecção. No estágio inicial da infecção, pode ser aplicada uma compressa quente por pouco tempo e podem ser dados analgésicos, como oxicodona com paracetamol, para aliviar a dor. O calor também pode ajudar a acelerar a cura. Um antibiótico é dado por via oral. Quando o furúnculo já está maduro, procede-se a uma incisão nele, para o abrir e drenar o pus.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Anatomia do ouvido externo
Vídeo
Anatomia do ouvido externo
O ouvido humano é dividido em três compartimentos: o ouvido externo, o ouvido médio e o ouvido...
Modelos 3D
Visualizar tudo
Dor de ouvido
Modelo 3D
Dor de ouvido

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS