Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Câncer das glândulas salivares

Por

Bradley A. Schiff

, MD, Montefiore Medical Center, The University Hospital of Albert Einstein College of Medicine

Última revisão/alteração completa fev 2020| Última modificação do conteúdo fev 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
Recursos do assunto

Os cânceres das glândulas salivares são muito menos frequentes do que as formações benignas. O câncer de glândulas salivares mais comum é o carcinoma mucoepidermoide, que pode se formar numa glândula salivar pequena (menor) no céu da boca ou como um tumor em uma das glândulas salivares grandes (principais), sob a mandíbula ou atrás da mesma.

Locating the Major Salivary Glands

Locating the Major Salivary Glands

Sintomas

A maioria dos cânceres de glândulas salivares se inicia como uma massa indolor. Quando um tumor cresce e se torna doloroso, a dor pode piorar durante a alimentação, que estimula a secreção de saliva. Se um tumor invadir os nervos próximos, as pessoas poderão sentir dormência, formigamento ou apresentar problemas motores em áreas da face.

Diagnóstico

  • Biópsia

  • Exames de imagem para estadiamento

Os médicos fazem uma biópsia (remoção de amostra de tecido para exame sob o microscópio) de qualquer área da glândula salivar que suspeitarem poder ser maligna. Se a biópsia confirmar o câncer, então os médicos fazem exames por imagem, como a tomografia computadorizada (TC) e ressonância magnética (RM), para ver a extensão do câncer. Já que alguns cânceres de glândulas salivares podem se espalhar muito, os médicos também podem fazer exames por imagem dos pulmões, fígado, ossos e cérebro.

Tratamento

  • Cirurgia

  • Radioterapia

A maioria dos cânceres das glândulas salivares é tratada com cirurgia seguida de radioterapia, quando necessário. Os médicos tentam evitar lesões do nervo facial durante a cirurgia.

Mais informações

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS