Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Taquicardia Ventricular

Por

L. Brent Mitchell

, MD, Libin Cardiovascular Institute of Alberta, University of Calgary

Revisado/Corrigido: jan 2023
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
Fatos rápidos
Recursos do assunto

Taquicardia ventricular é um ritmo cardíaco iniciado nos ventrículos (câmaras inferiores do coração) e produz uma frequência cardíaca de pelo menos 120 batimentos por minuto (a frequência cardíaca normal costuma ser de 60 a 100 batimentos por minuto).

A corrente elétrica iniciada em cada batimento tem a sua origem no marca-passo natural do coração (chamado nódulo sinusal ou nódulo sinoatrial), localizado no alto da câmara cardíaca superior direita (átrio direito). No entanto, um batimento cardíaco é, às vezes, desencadeado a partir de uma das câmaras inferiores do coração, os ventrículos. As pessoas podem ter apenas alguns batimentos cardíacos desencadeados pelos ventrículos (batimentos ventriculares prematuros Batimentos ventriculares prematuros O batimento ventricular prematuro (extrassístole ventricular) é um batimento cardíaco adicional provocado por uma ativação elétrica anormal iniciada nos ventrículos (as câmaras inferiores do... leia mais ), mas às vezes as pessoas têm uma sequência de batimentos ventriculares prematuros Batimentos ventriculares prematuros O batimento ventricular prematuro (extrassístole ventricular) é um batimento cardíaco adicional provocado por uma ativação elétrica anormal iniciada nos ventrículos (as câmaras inferiores do... leia mais consecutivos. Por vezes, poucos batimentos desse tipo ocorrem de cada vez e, em seguida, o coração recupera seu ritmo normal. A taquicardia ventricular que dura mais de 30 segundos é chamada de taquicardia ventricular sustentada.

A taquicardia ventricular sustentada ocorre geralmente em pessoas com cardiopatias estruturais como um ataque cardíaco Síndromes coronarianas agudas (ataque cardíaco; infarto do miocárdio; angina instável) Síndromes coronarianas agudas são o resultado de um bloqueio repentino em uma artéria coronariana. Esse bloqueio provoca angina instável ou um ataque cardíaco (infarto do miocárdio) dependendo... leia mais Síndromes coronarianas agudas (ataque cardíaco; infarto do miocárdio; angina instável) , insuficiência cardíaca Insuficiência cardíaca (IC) Insuficiência cardíaca é um distúrbio em que o coração não consegue suprir as necessidades do corpo, causando redução do fluxo sanguíneo, refluxo (congestão) de sangue nas veias e nos pulmões... leia mais Insuficiência cardíaca (IC) ou uma cardiomiopatia Considerações gerais sobre a cardiomiopatia O termo cardiomiopatia refere-se ao desgaste progressivo da estrutura e da função das paredes musculares das câmaras do coração. Há três tipos principais de cardiomiopatia: Cardiomiopatia dilatada... leia mais Considerações gerais sobre a cardiomiopatia . Ela é mais comum entre idosos. No entanto, a taquicardia ventricular desenvolve-se, raramente, em jovens que não apresentam cardiopatias estruturais. Esses jovens podem ter uma cardiopatia chamada síndrome do QT longo Síndromes do intervalo QT longo As síndromes do intervalo QT longo são distúrbios da atividade elétrica do coração que predispõem as pessoas a ritmos cardíacos perigosos e morte súbita. As pessoas podem nascer com uma anormalidade... leia mais , possivelmente congênita ou causada pelo uso de certos medicamentos. Ela também pode ser decorrente de outros distúrbios hereditários raros, como a síndrome de Brugada (uma canalopatia cardíaca Canalopatias cardíacas Canalopatias cardíacas são anormalidades nas proteínas de células cardíacas que controlam a atividade elétrica do coração e podem, assim, causar distúrbios no ritmo cardíaco. (Consulte também... leia mais ).

Taquicardia Ventricular
VÍDEO

Sintomas de taquicardia ventricular

As pessoas com taquicardia ventricular manifestam, quase sempre, percepção dos batimentos cardíacos (palpitações Palpitações Palpitações ocorrem quando os batimentos cardíacos são percebidos. A sensação pode estar associada a batimentos fortes, vibrantes, acelerados ou fora de ritmo. Outros sintomas, como desconforto... leia mais ). Elas podem sofrer de fraqueza, tonturas e/ou desconforto torácico.

Uma taquicardia ventricular sustentada é arriscada, pois os ventrículos podem não encher-se adequadamente, ou não bombear o sangue adequadamente. A pressão arterial tende a cair, provocando insuficiência cardíaca Insuficiência cardíaca (IC) Insuficiência cardíaca é um distúrbio em que o coração não consegue suprir as necessidades do corpo, causando redução do fluxo sanguíneo, refluxo (congestão) de sangue nas veias e nos pulmões... leia mais Insuficiência cardíaca (IC) . A taquicardia ventricular sustentada também é perigosa porque pode se converter em fibrilação ventricular Fibrilação ventricular A fibrilação ventricular é uma série potencialmente fatal de contrações descoordenadas, ineficazes e muito rápidas dos ventrículos (câmaras inferiores do coração) causadas por múltiplos impulsos... leia mais Fibrilação ventricular – uma forma de parada cardíaca. Algumas vezes, a taquicardia ventricular causa poucos sintomas, mesmo com frequências até 200 batimentos por minuto, mas não deixa de ser extremamente perigosa.

Diagnóstico de taquicardia ventricular

Tratamento de taquicardia ventricular

  • Conversão de batimentos cardíacos ao ritmo normal

  • Prevenção de episódios posteriores

Tratamento imediato

A taquicardia ventricular é tratada quando causa sintomas ou quando os episódios duram mais de 30 segundos, ainda que assintomáticos.

Pessoas com sintomas, particularmente se houver queda intensa da pressão arterial, precisam de cardioversão Cardioversão-desfibrilação Existem muitas causas de ritmos cardíacos anormais (arritmias). Algumas arritmias são inofensivas e não precisam de tratamento. Às vezes, as arritmias param espontaneamente ou com mudanças no... leia mais Cardioversão-desfibrilação urgente (descargas elétricas aplicadas para converter o ritmo cardíaco).

Pessoas que não apresentam sintomas, mas com episódios de taquicardia ventricular com mais de 30 segundos, devem receber tratamento farmacológico ou cardioversão.

A cardioversão é dolorosa, o que requer sedação, mas é quase sempre eficaz e, apesar do incômodo, tem poucos efeitos colaterais.

O tratamento farmacológico não causa desconforto, mas não é tão eficaz quanto a cardioversão para interrupção do ritmo cardíaco anormal (arritmia), e a probabilidade de efeitos colaterais é maior. Os medicamentos mais utilizados são a amiodarona, a lidocaína e a procainamida (veja a tabela ).

Tratamento de longo prazo

O tratamento de longo prazo busca prevenir a morte súbita como prioridade, e posteriormente eliminar a arritmia. Em pessoas com taquicardia ventricular acompanhada de alguma cardiopatia subjacente, especialmente com capacidade de bombeamento debilitada, um cardioversor desfibrilador implantável Cardioversor desfibrilador implantável (CDI) Existem muitas causas de ritmos cardíacos anormais (arritmias). Algumas arritmias são inofensivas e não precisam de tratamento. Às vezes, as arritmias param espontaneamente ou com mudanças no... leia mais (CDI, um pequeno aparelho capaz de detectar uma arritmia e descarregar um choque para corrigi-la) é geralmente usado. Esse procedimento é semelhante ao implante de um marca-passo artificial Marca-passos artificiais Existem muitas causas de ritmos cardíacos anormais (arritmias). Algumas arritmias são inofensivas e não precisam de tratamento. Às vezes, as arritmias param espontaneamente ou com mudanças no... leia mais Marca-passos artificiais .

Alguns procedimentos podem ser realizados para destruir pequenas zonas ventriculares anormais, que podem ser identificadas no ECG como responsáveis pela taquicardia ventricular persistente. Dentre essas técnicas estão a ablação por cateter Destruição de tecido cardíaco anormal (ablação) Existem muitas causas de ritmos cardíacos anormais (arritmias). Algumas arritmias são inofensivas e não precisam de tratamento. Às vezes, as arritmias param espontaneamente ou com mudanças no... leia mais (aplicação de energia usando ondas de rádio, pulsos de laser, corrente elétrica de alta voltagem ou congelamento por frio administrado através de um cateter inserido no coração) e cirurgia de coração aberto.

Mais informações

Os seguintes recursos em inglês podem ser úteis. Vale ressaltar que O MANUAL não é responsável pelo conteúdo deste recurso.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
VISUALIZAR A VERSÃO PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE
quiz link

Test your knowledge

Take a Quiz! 
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS