Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Tumores estromais gastrointestinais

Por

Minhhuyen Nguyen

, MD, Fox Chase Cancer Center, Temple University

Última revisão/alteração completa jul 2019| Última modificação do conteúdo jul 2019
Clique aqui para a versão para profissionais

Os tumores estromais gastrointestinais (gastrointestinal stromal tumors, GISTs) são tumores cancerosos (malignos) que se desenvolvem a partir de um tipo específico de célula (células precursoras mesenquimais) na parede do esôfago, estômago ou intestino. A maioria dos tumores estromais gastrointestinais é causada por uma mutação em um gene denominado C-KIT, que controla o crescimento das células. A maioria (60 a 70%) desses tumores ocorre no estômago, 20 a 25% ocorrem no intestino delgado e uma pequena porcentagem ocorre no esôfago, cólon e reto.

A idade média de diagnóstico é de 50 a 60 anos. Pessoas que receberam radioterapia no abdômen para o tratamento de outros tumores podem apresentar tumores estromais gastrointestinais no futuro. Esses tumores geralmente crescem lentamente, mas alguns podem crescer mais rapidamente e se disseminar em outros locais (sofrer metástase).

Sintomas

Os sintomas de tumores do estroma gastrointestinal dependem da localização do tumor, mas incluem dor abdominal, sangramento, indigestão e uma sensação de saciedade após a ingestão de uma pequena refeição. Náusea e vômito podem ocorrer se o tumor apresentou um crescimento suficiente para bloquear o trato digestivo.

Diagnóstico

  • Endoscopia ou colonoscopia

  • Exames de diagnóstico por imagem

O médico pode utilizar um endoscópio ou colonoscópio (um tubo de visualização flexível – Endoscopia) para localizar o tumor e realizar uma biópsia (remover uma amostra de tecido para ser examinada ao microscópio). Uma cápsula sem fio, alimentada a bateria, que contém uma ou duas câmeras pequenas ( Exame de cápsula endoscópica) também pode ser utilizada para mostrar tumores do intestino delgado, porém, essa técnica não permite que o médico realize uma biópsia.

Para determinar se o câncer se disseminou para outros órgãos, o médico realiza uma tomografia computadorizada (TC) do abdômen ou ultrassonografia endoscópica (onde uma sonda ultrassonográfica é colocada na extremidade do endoscópio e mostra o revestimento do trato digestivo mais claramente do que muitos outros tipos de exame).

Tratamento

  • Remoção cirúrgica

Caso o câncer não tenha se disseminado para outros órgãos, ele será removido cirurgicamente pelo médico.

Caso o câncer tenha se disseminado, ele geralmente será tratado com um determinado tipo de medicamento quimioterápico (imatinibe) pelos médicos.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Teste os seus conhecimentos

Câncer de estômago
Qual das seguintes opções é o melhor procedimento diagnóstico para o câncer de estômago?
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS