Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Considerações gerais sobre lesões do esôfago

Por

Kristle Lee Lynch

, MD, Perelman School of Medicine at The University of Pennsylvania

Última revisão/alteração completa jul 2019| Última modificação do conteúdo jul 2019
Clique aqui para a versão para profissionais

É bastante difícil lesionar o esôfago (o tubo oco que conecta a garganta ao estômago), mas ele pode ser lesionado gradativamente pelo refluxo do ácido do estômago (doença do refluxo gastroesofágico ou DRGE). O esôfago também pode ser lesionado repentinamente quando a pessoa engole produtos químicos cáusticos ou ácidos, medicamentos irritantes ou objetos pontiagudos, ou por pressão extrema. Pode haver pressão extrema durante o vômito violento, que pode causar lacerações do esôfago. Uma lesão muito grave é quando ocorre a ruptura do esôfago. Esse tipo de lesão é raro e pode ser causado por procedimentos cirúrgicos ou ao vomitar ou engolir uma massa de alimento volumosa.

Sintomas

Lesões súbitas do esôfago costumam causar dor, geralmente sentida como uma dor aguda abaixo do esterno. Elas também podem causar hemorragia, e sangue pode aparecer no vômito ou nas fezes. Podem ocorrer desmaios devido a esta dor, especialmente se houver ruptura do esôfago. Essa ruptura permite que o conteúdo alimentar entre no mediastino (a área do tórax delimitada pelo esterno na frente, pela coluna vertebral atrás, pela entrada para a cavidade torácica acima e pelo diafragma abaixo) e cause mediastinite.

Diagnóstico e tratamento

  • Depende da lesão

Os médicos usam vários métodos para diagnosticar lesões do esôfago. Os métodos incluem endoscopia digestiva alta e vários tipos de radiografias.

O tratamento de lesões no esôfago depende da causa da lesão.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS