Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Bolsas esofágicas (divertículos)

(Divertículos esofágicos)

Por

Kristle Lee Lynch

, MD, Perelman School of Medicine at The University of Pennsylvania

Última revisão/alteração completa out 2020| Última modificação do conteúdo out 2020
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Divertículos esofágicos são bolsas ou protrusões anômalas no esôfago. Em casos raros, eles causam dificuldade em engolir e regurgitação Regurgitação e ruminação A regurgitação consiste no refluxo de comida do esôfago ou do estômago, sem náuseas nem contrações violentas dos músculos do abdômen. A ruminação é a... leia mais (que consiste no refluxo de alimentos sem náuseas nem contrações violentas dos músculos abdominais).

  • A causa depende do tipo de divertículo.

  • Os sintomas incluem regurgitação de alimentos e dificuldade em engolir.

  • O diagnóstico toma por base os resultados de uma radiografia com deglutição de bário e frequentemente de uma endoscopia digestiva alta.

  • Quando necessário, o tratamento inclui cirurgia.

Divertículos de Zenker (divertículos faríngeos)

Divertículos do esôfago médio (divertículos de tração)

Os divertículos do esôfago médio são causados por uma inflamação localizada na cavidade torácica externa ao esôfago que provoca a tração do esôfago ou são causados por distúrbios da motilidade esofágica. Um divertículo do esôfago médio raramente causa sintomas, mas o distúrbio de motilidade primário pode provocá-los.

Divertículo epifrênico

Os divertículos epifrênicos ocorrem logo acima do diafragma (o músculo que separa o tórax do abdômen) e costumam ocorrer juntamente com um distúrbio da motilidade (como, por exemplo, acalasia ou espasmo esofágico). Um divertículo epifrênico raramente causa sintomas, mas o distúrbio de motilidade primário pode provocá-los.

Diagnóstico de bolsas esofágicas

  • Radiografia com deglutição de bário

  • Com frequência, endoscopia digestiva alta

O médico diagnostica todos os tipos de divertículos esofágicos por meio de um exame de deglutição de bário (esofagograma). Nesse exame, a pessoa toma um líquido contendo bário antes de tirar a radiografia. O bário delineia o esôfago, facilitando a visualização das anormalidades. Às vezes, o médico grava o exame de deglutição de bário em vídeo para poder ter uma gravação disponível.

Com frequência, os médicos fazem uma endoscopia Endoscopia A endoscopia é um exame das estruturas internas através de um tubo flexível para visualização (endoscópio). A endoscopia também pode ser utilizada para tratar vários distúrbios porque o médico... leia mais digestiva alta para confirmar o diagnóstico. Durante uma endoscopia digestiva alta, o médico examina o esôfago com um tubo flexível chamado endoscópio.

Tratamento de bolsas esofágicas

  • Geralmente, nenhum tratamento

  • Às vezes, cirurgia

Geralmente, não é necessário tratamento para divertículos.

No entanto, se os sintomas forem graves ou se o divertículo for grande, o divertículo pode ser cirurgicamente removido ou corrigido endoscopicamente.

Divertículos associados a distúrbios de motilidade exigem tratamento do distúrbio de base. Por exemplo, se um divertículo de Zenker for causado pelo funcionamento anormal do músculo cricofaríngeo, um médico pode cortar o músculo (um procedimento denominado miotomia) durante a remoção do divertículo de Zenker.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS