Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Anel esofágico inferior

(anel de Schatzki; anel B)

Por

Kristle Lee Lynch

, MD, Perelman School of Medicine at The University of Pennsylvania

Última revisão/alteração completa mar 2022| Última modificação do conteúdo mar 2022
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

O anel esofágico inferior é uma estenose da porção inferior do esôfago, provavelmente de origem congênita.

Normalmente, a região inferior do esôfago tem um diâmetro de aproximadamente 2 cm. No entanto, ele pode ser estreitado até cerca de um pouco mais de um centímetro ou menos por um anel de tecido estreito, o que pode causar dificuldade em engolir alimentos sólidos. Esse sintoma pode começar em qualquer idade, mas geralmente não antes dos 25 anos. A dificuldade em engolir Dificuldade em engolir Algumas pessoas têm dificuldade para engolir (disfagia). Na disfagia, alimentos e/ou líquidos não se movem normalmente da garganta (faringe) para o estômago. As pessoas sentem que os alimentos... leia mais (disfagia) é intermitente, mas é agravada pela ingestão de carne ou pão seco.

Com frequência, o anel é encontrado quando o médico examina o esôfago com um tubo flexível (endoscopia Endoscopia A endoscopia é um exame das estruturas internas através de um tubo flexível para visualização (endoscópio). A endoscopia também pode ser utilizada para tratar vários distúrbios porque o médico... leia mais ) para procurar motivos que estejam fazendo com que a pessoa tenha dificuldade em engolir. Exames de radiografia com deglutição de bário Estudos radiográficos do trato digestivo Frequentemente são usadas radiografias ​​para avaliar problemas digestivos. As radiografias padrão (radiografias simples) não precisam de nenhum tipo de preparo especial ( Radiografias simples)... leia mais também mostram o anel. Nesse exame, a pessoa toma um líquido contendo bário antes de tirar a radiografia. O bário delineia o esôfago, facilitando a visualização das anormalidades.

Os sintomas podem ser evitados pela mastigação total dos alimentos seguida por tomar pequenos goles de água. É possível que o médico trate a estenose ao introduzir um endoscópio no esôfago através da boca e da garganta ou com o auxílio de um dilatador (um instrumento denominado vela de Hegar) para alargar a passagem. Em casos raros, o médico alarga o anel estreitado através de um procedimento cirúrgico.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
quiz link

Test your knowledge

Take a Quiz! 
ANDROID iOS
ANDROID iOS
ANDROID iOS
PRINCIPAIS