Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Intestino delgado

Por

Atenodoro R. Ruiz, Jr.

, MD, The Medical City, Pasig City, Philippines

Última revisão/alteração completa out 2019| Última modificação do conteúdo out 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Fatos rápidos
Recursos do assunto

O estômago libera alimentos no duodeno, que é o primeiro segmento do intestino delgado. Os alimentos entram no duodeno através do esfíncter pilórico, em quantidades que o intestino delgado possa digerir. Quando cheio, o duodeno sinaliza ao estômago que pare o esvaziamento

O duodeno recebe enzimas pancreáticas do pâncreas e bile do fígado e da vesícula biliar. Esses líquidos, que entram no duodeno através de uma abertura chamada esfíncter de Oddi, são importantes no auxílio à digestão e à absorção. Ondas de contrações musculares rítmicas (chamadas movimentos peristálticos) também ajudam na digestão e absorção, agitando e misturando os alimentos com as secreções intestinais.

Como localizar o intestino delgado

Como localizar o intestino delgado

Os primeiros centímetros do revestimento duodenal são lisos, mas o restante do revestimento tem pregas, pequenas projeções (vilosidades) e projeções ainda menores (microvilosidades). Essas vilosidades e microvilosidades aumentam a área da superfície do revestimento do duodeno, o que permite uma maior absorção de nutrientes.

O restante do intestino delgado, localizado abaixo do duodeno, consiste no jejuno e no íleo. Essas partes do intestino delgado são, em grande parte, responsáveis ​​pela absorção de gorduras e outros nutrientes. Os movimentos de agitação facilitam a absorção. A absorção também é favorecida pela grande área de superfície composta de pregas, vilosidades e microvilosidades. A parede intestinal é ricamente suprida por vasos sanguíneos que transportam nutrientes absorvidos para o fígado através da veia porta. A parede intestinal libera muco, que lubrifica o conteúdo intestinal, além de água, o que ajuda a dissolver os fragmentos digeridos. Pequenas quantidades de enzimas que digerem proteínas, açúcares e gorduras também são liberadas.

A consistência do conteúdo intestinal muda gradualmente à medida que o conteúdo viaja através do intestino delgado. No duodeno, os alimentos são diluídos com enzimas pancreáticas e biliares, que diminuem a acidez do estômago. O conteúdo continua a viajar através do intestino delgado inferior, tornando-se mais líquido conforme ele se mistura com água, muco, bile e enzimas pancreáticas. Por último, o intestino delgado absorve a maior parte dos nutrientes e quase todo o líquido, com exceção de aproximadamente um litro, antes de esvaziar seu conteúdo no intestino grosso.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS