Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Síndrome da referência olfativa

(Jikoshu-kyofu)

Por

Katharine A. Phillips

, MD, Weill Cornell Medical College;


Dan J. Stein

, MD, PhD, University of Cape Town

Última revisão/alteração completa set 2018| Última modificação do conteúdo set 2018
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Na síndrome de referência olfativa, a pessoa fica preocupada, porque acredita estar exalando odor corporal desagradável, fétido ou ofensivo embora, de fato, não esteja.

A pessoa com síndrome da referência olfativa acredita que exala um odor corporal ofensivo, embora isso não esteja acontecendo. Essa crença causa angústia significativa e costuma diminuir a capacidade funcional da pessoa quando, por exemplo, impede que ela saia em público. A síndrome de referência olfativa é parecida com os transtornos obsessivo-compulsivos.

Geralmente, a pessoa com síndrome da referência olfativa realiza determinadas atividades repetidamente, como tomar banho em excesso, escovar os dentes ou ficar se cheirando em resposta a essa preocupação. Essas pessoas geralmente usam perfume ou desodorantes para tentar encobrir o odor que elas pensam estar exalando. Além disso, é possível que ela pense que as outras pessoas estão sentadas longe dela, cobrindo o nariz ou estão reparando nela de modo negativo devido ao suposto odor.

O tratamento com um inibidor seletivo de recaptação da serotonina, ou com clomipramina (que são alguns tipos de antidepressivo), pode ajudar. É possível que o antidepressivo seja usado sozinho ou combinado com um desses medicamentos.

A terapia cognitivo-comportamental parecida com aquela utilizada para tratar o transtorno dismórfico corporal pode ser útil.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS