Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Considerações gerais sobre tumores cutâneos

Por

Denise M. Aaron

, MD, Dartmouth Geisel School of Medicine

Última revisão/alteração completa set 2020| Última modificação do conteúdo set 2020
Clique aqui para a versão para profissionais

As células da pele e dos tecidos subjacentes podem se acumular e provocar tumores. Os tumores podem ser volumosos ou planos e variar na cor Alterações de cor na pele Os médicos utilizam termos específicos para descrever vários tipos de marcas e crescimentos na pele. Alguns distúrbios e infecções da pele podem causar alterações na cor da pele. (Consulte também... leia mais Alterações de cor na pele entre o pardo escuro e o negro ou entre a coloração da pele e o vermelho. Os tumores cutâneos podem ser congênitos ou se desenvolver mais tarde.

Quando se consegue controlar o tumor e as células não se propagam a outras partes do corpo, é porque o crescimento de pele (tumor) é um tumor não canceroso (benigno). Porém, se não for possível controlar o tumor, este é canceroso (maligno) e as células invadem o tecido normal, propagando-se (formam metástases) a outras partes do corpo.

A maioria dos tumores de pele não é cancerosa. No entanto, as pessoas devem procurar um médico para determinar se o tumor é um câncer de pele Considerações gerais sobre cânceres de pele O câncer de pele é o tipo mais comum de câncer. O câncer de pele é mais comum entre pessoas que trabalham ou praticam esportes ao ar livre e entre banhistas. As pessoas com pele clara são particularmente... leia mais . Os tumores cutâneos não cancerosos constituem, frequentemente, mais um problema estético do que qualquer outra coisa.

Causas de tumores cutâneos

Diagnóstico de tumores cutâneos

  • Exame da pele

  • Algumas vezes, biópsia

Os médicos muitas vezes conseguem reconhecer tumores cutâneos examinando a pele.

Tratamento de tumores cutâneos

  • O tratamento depende do tipo de tumor

Alguns tumores cutâneos não são tratados e desaparecem por si só.

Tumores cutâneos não cancerosos que forem incômodos e não desaparecerem por si só podem ser retirados. Alguns tumores são extraídos com uma agulha elétrica ou bisturi. Outros tumores são retirados com lasers ou congelando-os com nitrogênio líquido.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS