Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

honeypot link

Considerações gerais sobre problemas nos pés

Por

Kendrick Alan Whitney

, DPM, Temple University School of Podiatric Medicine

Última revisão/alteração completa dez 2019| Última modificação do conteúdo dez 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

Geralmente, os problemas nos pés começam neles mesmos, por exemplo, resultando de uma lesão no pé. Os problemas podem ocorrer em qualquer osso, articulação, músculo, tendão ou ligamento do pé.

As fraturas nos pés e tornozelos são muito comuns.

Outros problemas nos pés são resultados de doenças que afetam muitas partes do corpo, como diabetes, gota ou outros tipos de artrite.

A descoloração das unhas dos pés deve sempre ser avaliada, já que pode ser causada por algumas doenças, incluindo uma infecção fúngica.

As pessoas que têm diabetes ou doença arterial periférica (estreitamento das artérias que levam o sangue para as pernas, braços e, provavelmente, órgãos internos) devem inspecionar seus pés diariamente verificando sinais de infecções ou úlceras e devem procurar um médico ou especialista em pés (podólogo) para avaliar os pés pelo menos duas vezes por ano ( Cuidados com os pés).

icon

Destaque para idosos: Problemas nos pés em idosos

Com a idade, muitas mudanças ocorrem nos pés:

  • Idosos normalmente apresentam menos pelos em seus pés.

  • Descoloração castanha (pigmentação) pode ocorrer em pontos ou manchas.

  • A pele pode tornar-se seca.

  • As unhas dos pés frequentemente tornam-se grossas e curvas.

  • Infecções fúngicas das unhas ocorrem com maior frequência.

  • O tamanho dos pés pode mudar.

Os pés podem, literalmente, tornar-se mais compridos e largos por conta de mudanças nos ligamentos e articulações. Uma pessoa com esses tipos de mudanças pode precisar utilizar calçados maiores. Portanto, os pés devem ser medidos periodicamente ou quando forem ser comprados calçados novos.

Além disso, os pés podem ser danificados pelo uso de calçados mal ajustados ao longo da vida.

Tratamento

  • Mudanças de calçados e órteses

  • Injeções de anestésicos e/ou corticosteroides

  • Às vezes, cirurgia

Muitas doenças dos pés são tratadas com sucesso adaptando-se os calçados utilizados pela pessoa afetada, como trocando-se o modelo dos calçados ou usando-se palmilhas ou outros dispositivos que alteram a posição ou amplitude de movimento dos pés para aliviar a pressão nas articulações afetadas ou áreas doloridas (chamados dispositivos ortopédicos ou órteses).

Injeções de um anestésico na articulação afetada ou dolorosa frequentemente podem aliviar a dor e reduzir espasmos musculares, de modo que as articulações possam ser movimentadas mais facilmente, sendo que um corticosteroide também pode ser injetado para diminuir a inflamação.

Se esses tratamentos não forem bem-sucedidos, em alguns casos é necessária cirurgia para melhorar o alinhamento da articulação e sua função, bem como para aliviar a dor.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
Baixe o aplicativo  do Manual MSD! ANDROID iOS
PRINCIPAIS