Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Bursite do tendão calcâneo

Por

Kendrick Alan Whitney

, DPM, Temple University School of Podiatric Medicine

Última revisão/alteração completa dez 2019| Última modificação do conteúdo dez 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Recursos do assunto

A bursite do tendão calcâneo é uma inflamação da bolsa cheia de líquido (bursa) localizada tanto entre a pele da parte de trás do calcanhar e o tendão calcâneo (chamada bursite posterior do tendão calcâneo), como na frente do ligamento do tendão calcâneo ao osso do calcanhar (chamada bursite anterior do tendão calcâneo ou bursite retromaleolar).

  • Os sintomas comuns incluem inchaço, calor, dor e um ponto sensível atrás do calcanhar.

  • O diagnóstico é baseado em sintomas, exames e, algumas vezes, em radiografias.

  • O tratamento enfoca o alívio da inflamação e, dependendo da localização da bursite do tendão calcâneo, a eliminação da pressão da parte de trás do calcanhar.

O tendão calcâneo é aquele que liga os músculos da panturrilha ao osso do calcanhar. A bursite é uma inflamação dolorosa da bursa (uma bolsa preenchida com líquido que proporciona amortecimento e reduz a fricção em áreas onde a pele, músculos, tendões e ligamentos deslizam sobre os ossos).

A bursite posterior do tendão calcâneo ocorre principalmente em mulheres jovens, mas pode se desenvolver em homens. Andar de uma forma que haja pressão repetida no tecido mole atrás do calcanhar contra o suporte duro de um calçado pode causar ou agravar a bursite. Calçados que se afunilam bruscamente em direção à parte posterior do calcanhar (como calçados de salto alto) podem causar ou piorar o crescimento do osso na parte de trás do calcanhar (chamada saliência ou deformação de Haglund), que contribui para a bursite posterior do tendão calcâneo.

A bursite anterior do tendão calcâneo (também chamada doença de Albert ou bursite retromaleolar) pode ser causada por qualquer condição que coloque pressão adicional no tendão calcâneo. Lesões no calcanhar (tais como aquelas causadas por calçados duros ou mal ajustados) e doenças (tais como artrite reumatoide e gota) também podem causá-la.

Bursites no calcanhar

Normalmente, apenas uma bursa se localiza no calcanhar, entre o tendão calcâneo e o osso do calcanhar (calcâneo). Essa bursa pode ficar inflamada, inchada e dolorida, resultando em bursite anterior do tendão calcâneo.

A pressão anormal e a disfunção do pé podem causar a formação de uma bursa protetora entre o tendão calcâneo e a pele. Essa bursa também pode ficar inflamada, inchada e dolorida, resultando na bursite posterior do tendão calcâneo.

Bursites no calcanhar

Sintomas

Os sintomas dependem da causa e localização da bursite.

Bursite posterior do tendão calcâneo

Os sintomas iniciais da bursite posterior do tendão calcâneo podem incluir vermelhidão, dor e sensação de queimação na parte de trás do calcanhar. Posteriormente, a camada exterior da pele pode se desgastar. Após alguns meses, uma bursa, semelhante a uma área elevada, vermelha ou cor de carne (nódulo), que é macia, se forma e torna-se inflamada. Se a bursite posterior do tendão calcâneo ficar crônica, a bursa pode tornar-se dura e fibrosa.

Bursite anterior do tendão calcâneo

Quando a bursa fica inflamada após uma lesão ou gota, os sintomas, em geral, se desenvolvem repentinamente. Quando a bursite se desenvolve devido a outros distúrbios, os sintomas se desenvolvem gradualmente. Dor, inchaço e sensação de queimação se desenvolvem na parte de trás do calcanhar. As pessoas apresentam dificuldade para caminhar e utilizar calçados. Uma mancha pequena, vermelha, inchada e sensível aparece na parte de trás do calcanhar. Quando a bursa inflamada aumenta, o inchaço se espalha lateralmente para ambos os lados do calcanhar.

Diagnóstico

  • Exame médico

  • Em alguns casos, radiografias

O diagnóstico de ambos os distúrbios se inicia com um exame.

Para a bursite posterior do tendão calcâneo, os médicos verificam a presença de um nódulo de coloração vermelha ou cor de carne.

Para a bursite anterior do tendão calcâneo, os médicos apertam o espaço entre o tendão e o osso do calcanhar para verificar se o mesmo causa dor. Radiografias não diagnosticam a bursite do tendão, no entanto os médicos solicitam radiografias para descartar outras causas da dor no calcanhar, tais como fratura do osso do calcanhar ou lesão ao osso do calcanhar causada por artrite reumatoide ou outra artrite inflamatória.

Tratamento

  • Para ambos os distúrbios, compressas quentes ou frias, medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) e injeções de uma mistura de corticosteroide/anestésico

  • Para bursite posterior do tendão calcâneo, mudanças de calçados e, às vezes, cirurgia

Para ambos os distúrbios, compressas quentes ou frias, AINEs e injeções de uma mistura de corticosteroide/anestésico na bursa inflamada pode aliviar a dor e a inflamação temporariamente. O médico tem o cuidado de não injetar a mistura no tendão. Após esse tratamento, a pessoa deve descansar.

Para a bursite posterior do tendão calcâneo, o tratamento enfoca a redução da inflamação e o ajuste da posição dos pés nos calçados para aliviar a pressão e o movimento na parte de trás do calcanhar. Almofadas para calcanhar de espuma de borracha ou feltro são colocadas nos calçados para eliminar a pressão elevando o calcanhar. Colocar uma almofada protetora de gel sobre a bursa dolorida ou esticar a parte posterior do calçado e colocar um estofamento ao redor da bursa inflamada são medidas que podem ajudar. Calçados sem encosto podem ser utilizados até que a inflamação diminua. Em alguns casos, um calçado especial, como um tênis de correr projetado para estabilizar a entressola do calcanhar, dispositivos colocados no calçado (órteses) ou ambos podem ajudar a controlar o pé anormal e o movimento do calcanhar que contribui para a irritação da parte posterior. Outros calçados possuem amortecedores que reduzem a irritação da parte anterior do calcanhar e do tendão calcâneo.

Se esses tratamentos não forem eficazes, parte do osso do calcanhar pode precisar ser removida cirurgicamente.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
O que é gota?
Vídeo
O que é gota?
Modelos 3D
Visualizar tudo
Coluna vertebral e medula espinhal
Modelo 3D
Coluna vertebral e medula espinhal

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS