Manual MSD

Please confirm that you are not located inside the Russian Federation

Carregando

Ajuste da prótese

Por

Jan J. Stokosa

, CP, Stokosa Prosthetic Clinic

Última revisão/alteração completa dez 2019| Última modificação do conteúdo dez 2019
Clique aqui para a versão para profissionais
OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais

Existem muitas opções para próteses de membro. No entanto, o processo de ajuste normalmente segue as mesmas etapas, independentemente das opções feitas. Depois que o soquete se encaixa e funciona bem, as pessoas são encaminhadas para fisioterapia e terapia ocupacional, para sessões de treinamento. À medida que a pessoa amputada se acostuma à prótese, o protesista ortopédico pode fazer ajustes para otimizar ainda mais a função e reduzir o gasto de energia. (Consulte também Considerações gerais sobre a prótese de membros.)

Uma prótese tem sete partes básicas:

  • Interface acolchoada com gel para o membro residual: um gel de silicone ou material viscoelástico que protege a pele e ajusta a pressão

  • Sistema de suspensão: conecta a prótese ao corpo

  • Soquete: receptáculo de plástico rígido dentro do qual a interface com gel para o membro residual é inserida (pode haver um soquete flexível interno primário que ajuda a ajustar a pressão)

  • Articulações (tornozelo, joelho, punho, cotovelo) e apêndice terminal (mão, pé)

  • Acoplamentos de conexão do sistema modular endoesquelético: conecta as articulações protéticas e os apêndices terminais e fornece ajustabilidade

  • Formato anatômico: material de espuma macia que simula os contornos musculares e protege os componentes endoesqueléticos

  • Pele sintética: camada fina de cor compatível aplicada sobre o formato anatômico

Durante o processo de ajuste, o protesista ortopédico faz um molde do membro residual (coto) usando gesso ou bandagens de fibra de vidro ou por imagem digital. O molde ou imagem digital é usado para criar um modelo positivo do membro, que é modificado para melhor atender às características individuais do membro residual da pessoa.

Um soquete é moldado ao redor do modelo. Esse soquete é integrado na prótese diagnóstica para testar várias combinações de componentes e determinar qual opção fornece o melhor conforto, estabilidade, função e eficiência. Devido à importância do ajuste do soquete protético, protesistas ortopédicos podem necessitar de várias tentativas para alcançar o conforto e estabilidade ideais do soquete.

Uma vez finalizado o ajuste do soquete e determinados os componentes e o desenho, o soquete definitivo é fabricado, geralmente em fibra de carbono e outros materiais duráveis, e a prótese definitiva é alinhada e otimizada. O aspecto externo é criado, seja um anatomicamente realista ou um que deixa os componentes expostos. O processo de ajuste leva de 7 a 18 consultas, dependendo da complexidade, e cerca de 16 procedimentos de fabricação laboratorial.

OBS.: Esta é a versão para o consumidor. MÉDICOS: Clique aqui para a versão para profissionais
Clique aqui para a versão para profissionais
Obtenha o

Também de interesse

Vídeos

Visualizar tudo
Raios X
Vídeo
Raios X
A tecnologia de raios X utiliza raios de alta energia que podem atravessar certos tecidos...
Angiografia cerebral: Inserção de cateter
Vídeo
Angiografia cerebral: Inserção de cateter
A angiografia é utilizada para obter informações diagnósticas sobre os vasos sanguíneos que...

MÍDIAS SOCIAIS

PRINCIPAIS