Não encontrado
Locais

Encontre informações sobre assuntos médicos, sintomas, medicamentos, procedimento, noticias e mais, redigidas em linguagem simples.

Trombose venosa superficial

(Tromboflebite superficial)

Por James D. Douketis, MD, McMaster University;St. Joseph's Hospital

A tromboflebite superficial (flebite superficial) é caracterizada pela inflamação e a coagulação que ocorrem em uma veia superficial.

  • A pele sobre a veia se torna avermelhada, inchada e dolorida.

  • Os médicos examinam a área, mas exames geralmente não são necessários.

  • As pessoas podem precisar tomar analgésicos para aliviar a dor até que o distúrbio se resolva.

A trombose venosa superficial afeta as veias superficiais (localizadas logo abaixo da pele) nas pernas mais frequentemente, mas também pode afetar veias superficiais na virilha ou nos braços. Sua ocorrência nos braços normalmente decorre da presença de um cateter intravenoso. É comum que a trombose apareça em pessoas com veias varicosas. No entanto, a maioria das pessoas com veias varicosas não desenvolvem trombose.

Mesmo uma pequena lesão pode causar a inflamação de uma veia varicosa. Ao contrário da trombose venosa profunda, que causa muito pouca inflamação, a trombose venosa superficial envolve uma reação inflamatória súbita (aguda) que faz com que o trombo (coágulo de sangue) prenda-se firmemente à parede da veia, o que reduz a probabilidade de que ele se desprenda. Ao contrário das veias profundas, as veias superficiais não têm músculos que as rodeiam que podem comprimir e desalojar um trombo. Por essas razões, na trombose venosa superficial, raramente ocorre o desprendimento de um trombo (embolia).

A trombose venosa superficial que ocorre repetidamente em veias normais é chamada flebite migratória ou tromboflebite migratória. Ela pode indicar uma doença grave subjacente, como câncer de um órgão interno. Quando a tromboflebite migratória e o câncer de um órgão interno aparecem simultaneamente, a doença denomina-se síndrome de Trousseau.

Sintomas e diagnóstico

Dor e inchaço aparecem rapidamente na área inflamada. A pele sobre a veia torna-se avermelhada e a área afetada fica quente e muito sensível. Como o sangue da veia está coagulado, ela se parece com um cordão duro sob a pele e não é mole como uma veia normal ou com veias varicosas. A veia pode mostrar-se rígida ao longo de todo o seu comprimento. O diagnóstico geralmente torna-se óbvio para os médicos apenas ao se examinar a área dolorosa. No entanto, os médicos devem distinguir a trombose venosa superficial de uma infecção sob a pele (celulite), que é tratada de forma diferente.

Tratamento

Na maioria das vezes, a trombose venosa superficial desaparece sozinha. A administração de um analgésico, como aspirina ou outro medicamento anti-inflamatório não esteroide (AINE — veja Analgésicos não opioides : Medicamentos anti-inflamatórios não esteroides), ajuda a aliviar a dor. Mesmo sendo comum que a inflamação melhore em uma questão de dias, podem se passar várias semanas até que as protuberâncias e a sensibilidade desapareçam por completo. Para proporcionar alívio inicial, os médicos podem injetar um anestésico local, remover o trombo e, em seguida, aplicar uma bandagem de compressão, que a pessoa deve usar por vários dias. Às vezes, pessoas com flebite superficial muito extensa também são medicadas com heparina para ajudar a limitar a coagulação sanguínea.